sexta-feira, dezembro 28, 2012

Maximo Mobile Workforce Management

Este blog ficou muito parado por muito tempo. Mas explicarei o porquê no próximo post. Agora quero falar do Maximo Mobile Workforce Management que foi o último produto que trabalhei na IBM.

Existe uma demanda grande de gerenciamento de pessoa em campo, otimizar o tempo trabalhado, a distância percorrida e o atendimento a urgências é bem complexo e exige ferramentas de gerenciamento temporal e espacial. O mercado tem poucas opções então foi que em 2011 o departamento da Tivoli decidiu criar um produto que contivesse ferramentas e inteligência para não só permitir o gerenciamento de mão de obra no tempo (com gráficos Gantt e agendamentos) como também relacionar este com as habilidades da mão de obra e sua localização.

Assim o time do Maximo Spatial recebeu um novo desafio para criar este produto juntamente com o time do Maximo Scheduler que já tinha lógica de gerenciamento relacionado ao tempo. Nosso time criou em 1 ano uma ferramenta que permite exibir todas as equipes em campo sobre mapas. Mapas esses que podem ser Google Maps, Bing Maps e também ESRI. Traçar as rotas dessas equipes pelas ordem de serviço e em tempo real monitorar as alocações em um gráfico que contabiliza o tempo de execução das ordens de serviço e movimentação da equipe entre elas. Além disso a equipe em campo recebe quais são as ordens de serviço e a navegação entre elas.

Estupendo não? Eu gostei muito de trabalhar neste projeto, os gerentes de produto Lisa Stuckless, Rodrigo Dombrowski, David Havican e Lori Pilgrim fizeram um excelente trabalho criando um produto do zero.

Há aqui uma apresentação feita pelo Laboratório Tivoli Brasil sobre o produto http://www.slideshare.net/alipaiva/maximo-scheduler-751-workshop-pedro-solfa-sep-2012.

Este produto teve por mim um carinho diferenciado pois foi meu último projeto na IBM, saí da IBM em agosto de 2012 para uma nova empreitada que tem a ver com meu próximo post.

Estou aqui pensando se devo agradecer nominalmente a todos do projeto, mas com certeza esquecerei algum novo de maneira injusta, mas pelo menos a duas pessoas tenho que agradecer:
 - Ao Rodrigo Dombrowski, que pacientemente aguentou a minha teimosia na hora de definir a implementação dos seus requisitos.
 - Ao grande Alcantaro Jovanco que me fez durante 3 anos sentir que existe sim pessoas capacitadas e habilidosas para gerenciar grandes times de desenvolvimento.

Obrigado!

Um comentário:

Regis Adamus Caetano disse...

Excelente, Rafael! Maximo FWM é um produto fantastico, os clientes estão sempre muito interessados nele! Abraço!